boat logo

Village Gate

Global Hut

Portuguese


Daily Huna, original Article (engl.)

International


Huna Diariamente
por Peggy Kemp

tradução de Denise von Poser

Eu sou uma alakai de Huna International. Isto significa que decidi me tornar uam curadora e uma professora em Huna e apoiar a missão de Aloha International, que é ensinar e praticar as Sete Leis Espirituais Huna e criar paz e harmonia através do Espírito de Aloha “Curando o mundo com Aloha”. É muito mais que um slogan, é um trabalho feliz com prática diária. Um importante tópico notei sendo uma alakai: pessoas esperam muito de mim. Esperam que eu seja mais calma, mais iluminada, mais próspera, mais talentosa. Melhor que a maioria das pessoas. Recentemente fui perguntada: “Se a filosofia e técnica Huna realmente funcionam, por que as pessoas alakai têm problemas, comos todos nós? Não deveriam gozar uma vida perfeita?” Esta é uma boa pergunta!

A minha reposta veio rápida: A qualidade da ferramenta não se reflete no talento do usuário! As coisas acontecem e nossos talentos são aprimorados como um resultado, especialmente quando temos uma boa ferramenta para trabalharmos!

Em segundo lugar nós nunca nos concientizamos totalmente do total resultado da vida de cada uma das pessoas. Uma pessoa alakai, como todas as outras pessoas, tem muitas coisas boas acontecendo ao mesmo tempo em sua vida, bens pessoais, situações amorosas e não sabemos se estas condições seriam piores se não estivessem usando as técnicas Huna. Não podemos e não devemos julgar uns aos outros. Não é produtivo, muito pelo contrário! O amor Aloha vem do não julgamento.

Em uma manhã eu entrei em uma rua a amassei a lateral de meu carro Louisa. Ninguém se feriu mas ela vai precisar de consertos, mas ainda andava e a levei para meu trabalho, pensando em todo o caminho como faria para convencer ao seguro que alguém tinha batido no meu carro. Este pensamento não era racional e eu não gosto de mentir para ninguém e o levar a mentira adiante e sustentá-la causa muita perda energética e não compensa. Uma hora depois, minha irmã me liga dizendo que os exames de nosso pai informavam que o seu câncer tinha se alastrado e uma metastese acontecia no cérebro. Todos os meus problemas com meu carro naquele momento sumiram. Minhas providências imediatas foram pedir cura à distância para minha família, ir ao escritório para resolver necessidades imediatas e liguei para meu agente de seguros avisando que calculei mal a distância e acertei um poste. Ele me disse que fosse para casa e tentasse me acalmar e que ligasse depois.

Uma amiga alakai se encontra comigo no escritório e me fala sobre tratamentos alternativos para tensão. Sua experiência recente com a morte de seu pai , com câncer, lhe trouxe novas luzes para ajudar aos outros. Seus conhecimentos vieram ao meu encontro e necessidade. Chegando em casa, me sentei e cherei. Chorei muito e de repente , dei graças pela minha vida e minha segurança. Meu pai não estava mais doente do que estava há um mês e isso já era uma benção.

Então afirmei para mim mesma: “ Você é uma alakai e as pessoas vem para você para conselhos nos sete próncípios Huna. Por que não faz o mesmo consigo mesma?”

Assim a primeira coisa a se fazer era reduzir a tensão para que a harmonia e a cura pudessem se fortalecer. Massageiei minha face e cabeça, respirei e acalmei meu corpo. Assim consegui sorrir. Depois comecei a trabalhar os preceitos Huna e comecei com IKE – o mundo é o que você pensa que é. Consciência. Senti a conexão imediatamente. Quando tenho pensamentos aterradores, todo o meu corpo se contrai e começo a chorar. O oposto é o mesmo. Uma ótima sensação começou a tomar conta de meu corpo e relaxei. Aí fui para KALA – não existe limite. Liberdade. Todos estamos conectados e influenciamos uns aos outros. Eu ajudaria mais meu pai lhe mandando energia. O tereciro preceito MAKIA – a energia flui para onde está nossa atenção. Focalize! Meu pai depois me disse que suas dores cessavam após eu enviar energia a ele. No meu trabalho também tratava de focalizar minha atenção no que tinha que ser feito e assim eu relaxaca e ele também. MANAWA é o quarto princípio – agora é o nosso momento de poder. PRESENÇA! Eu me focalizei no presente pois não poderia mudar nem o passado e nem o futuro. Tinha que me concentrar no agora, na beleza do momento e relaxei ainda mais. O quinto princípio é ALOHA – amar é ser feliz sempre. Amando e abençoando as pessoas e situações do momento presente. Tudo tem uma razão de ser e acontecer. Eu me sentia melhor a cada minuto que se passava. O sexto preceito MANA – todo poder está dentro de nós. Confiança. Da obra Urban Shaman: nada acontece sem a sua participação. Você constrói suas escolhas. Sou o resultado de meus pensamentos. Eu me lembrei de todas as vezes que me senti triste, com ressentimentos, as coisas aconteciam e eu as lamentava. PONO é o sétimo princípio Huna – o resultado final é o resultado conferido pela verdade. Faça o que é correto e o que funciona PARA VOCÊ! Ao invés de Ter tensão e tristeza, focalizei minha atenção na cura. Tomei providências para o conserto de meu carro, liguei para minha casa verifiquei a necessidade de tomar um avião para lá sem me desgastar emocional ( seria pior para todos) e verifiqcamos que não era necessário. Meu pai tem 80 anos, nunca estudou Huna, mas sempre teve uma atitude Huna em relação à vida. Meu pai me disse que estava lendo um livro sobre Meditação Transcendental e que sentia um pouco de temor mas estava tentando mudar esta atitude. Eu disse a ele que eu e amigos estávamos enviando “Energia Radiante” para ele e que a recebesse com alegria. Ele me disse que estava tentando mudar o seu sentir e pensar. Ele estava focalizando o viver e a felicidade. Ele me disse que tinha uma missão e estava focalizado nela. Ele me falou sobre suas tarefas em plantar mais flores (elas estavam mais belas que nunca!), em pescar em dançar e que pretendia voltar para casa antes de sua próxima consulta médica e que ninguém iria demovê-lo de sua confiança! Disse a minha irmã: “Sem chances para a tristeza! Precisamos nos facalizar na alegria!” Assim as coisa também acontecem para nós, alakai e baemos o carro, enfrentamos doenças, mas não podemos desistir de utilizar todas as ferramentas Huna que temos em nossas mãos! Abençõe o presente! Acredite em si mesmo! Espere o melhor! FUNCIONA PARA MIM!

palm isle
[Top of page]

Copyright by Aloha International 2005
Contact us